Paris Fahion Week/Algumas explicações

Hallo!

Faz tempo que não apareço por aqui, não é?

Primeiramente, desculpas… “Segundamente”, as explicações: sou apenas uma aluna do terceirão que resolveu virar responsável com os estudos no ano mais carrasco de todos os anos escolares porque quer passar no vestibular, então, bem… Eu faço o dever de casa e estudo! Sim, se assustem. Com tudo isso (e pode ter certeza que não é pouca coisa), não sobra muito tempo para internet, pesquisar conteúdo pro blog e afins…

“Mas você não faz nada de meia noite às seis!”. Calúnia! Tenho um hábito um tanto quanto estranho, de dormir, sabe? E não posso evitá-lo nos fins de semana também… Cuidar de um blog dá trabalho, gente, e infelizmente (mesmo) eu não tenho tanto tempo de sobra esse ano. Passar no vestibular está acima de “blogar” na minha lista de prioridades…

Mas já que eu estou aqui… Paris Fashion Week está rolando! E como já comecei as “aulas de história” sobre as “Big 4”, não posso deixar Paris de fora, seria um crime!

Como o nome já diz, é realizada em Paris (França), e ocorre semestralmente no Carrousel du Louvre. É a última das Big 4 a acontecer. As datas dos desfiles são determinadas pela Federação da Moda Francesa.

Em 2013, Paris Fashion Week (Outono / inverno) começou dia 26 de fevereiro com Moon Hee Young, e foi seguida por shows de grandes casas de moda, tais como Louis Vuitton, Comme des Garçons, Christian Dior, Balenciaga, e muito mais. Esses desfiles são realizados para mostrar a indústria da moda o que os vários rótulos estará lançando e aumentar as vendas para as marcas. Os melhores modelos são apresentados na mostra, e passarelas deve ser aperfeiçoado para eles. Além de Ready to Wear mostra, há homens e mostra Haute Couture, que são realizadas semestralmente para as estações primavera/verão e outono/inverno.

Este não será o último post do blog até o ano que vem, longe disso! Eu ainda não sei qual curso quero, o que “gosto”, qual faculdade escolher e afins. Não se assustem se de vez em quando aparecer por aqui algum post sobre determinado curso de graduação, sobre faculdades ou um tanto de chatice que vestibulando tem que aprender pra passar no Enem e que pode esquecer depois… Eu apenas não vou me comprometer em atualizar o blog semanalmente.

Se você por algum acaso gosta do blog e gostaria de ficar sabendo quando sair algum post novo, curta nossa página no Facebook, pois os links dos posts sempre estarão lá!

 

xxx -Carol

Anúncios

Milan Fashion Week

Hallo!

Continuando as “aulas de história” sobre as Big 4 (as quatro principais semanas de moda mundiais), hoje vou falar sobre a Milan Fashion Week (em italiano “Settimana della moda di Milano”).

Realizada desde 1958, é de propriedade da Câmara Nazionale della Moda Italiana (em português “Câmara Nacional de Moda Italiana”), uma associação sem fins lucrativos que disciplinas, coordena e promove o desenvolvimento da moda italiana e é responsável por sediar os eventos de moda e shows. A “Câmera Sindacale della Moda Italiana”, foi criada em 11 de Junho de 1958. Este foi o precursor do corpo, que posteriormente tornou-se o “Camera Nazionale della Moda Italiana”. Proprietários dos mais importantes estabelecimentos de alta-costura na Itália, incluindo alguns estabelecimentos privados, que, naqueles dias, desempenharam um papel fundamental na promoção do setor, estavam presentes no Memorando de Associação: Maria Antonelli, Roberto Cappucci, Princesa Caracciolo Ginnetti , Alberto Fagiani, Giovanni Cesare Guidi, Germana Marucelli, Emilio Federico Schuberth, Simonetta Di Colonna Cesaro, Jole Veneziani, Francesco Borrello, Giovanni Battista Giorgini e o advogado Pietro Parisio.

Os eventos dedicados à moda feminina são os mais importantes.

A temporada inverno 2013/2014 da Semana de Moda de Milão começou anteontem (dia 20/02) apostando nos dois pilares que são apontados como armas da indústria fashion para fugir da crise na Europa: a arte e a sustentabilidade. Um calendário completo de eventos para apresentar suas coleções de designers italianos.
Ao lado dos grandes nomes que fizeram o famoso “Made in Italy” como Gucci, Prada, Roberto Cavalli, Dolce & Gabbana, Versace, Giorgio Armani , o desfile terá também coleções de jovens estilistas . O evento pretende reafirmar que Milão é a capital da moda.
Os primeiros desfiles acontecem na parte da manhã e se estendem por toda a tarde. Entre as grifes que se destacam, estão Gucci, Prada, Just Cavalli, Versace, Emporio Armani e Dolce & Gabbana. A Missoni, empresa familiar que ganhou destaque na imprensa com o desaparecimento de Vittorio Missoni, diretor da marca, também apresentará coleção no evento.
                                                                                                                                                      xxx -Carol