Finally Winter!

Hallo!

É Inverno, finalmente! Que bom, não? Nada com um friozinho para sairmos do básico e nos esquentar com estilo. Essa é a minha estação favorita do ano, sem dúvida alguma (já reparou em como o sorvete fica mais gostoso no frio?).

Aproveitando que dessa vez não me atrasei para postar sobre uma estação, separei as três melhores tendências da temporada:

Franjas e couro

De acordo com NY Fashion Week, não vai ser dessa vez que as franjas terão um descanso. Com uma pegada rústica, aparece bastante em bolsas e saias, dando movimento às peças. Já o couro, peça coringa das temporadas frias, aparece com modelagens no estilo alfaiataria.

Lady like

Lembram da clássica saia de tule de Carrie Bradshaw em Sex and The City? Pois então, o modelito bailarina é uma das pedidas da estação. Para aquelas adeptas ao ladylike, saias fofas, capinhas e o rosa blush são os coringas.

Cores fortes

Inverno triste não! As cores fortes (com destaque para o azul) vieram para alegrar os dias nublados. A proposta é de  looks monocromáticos, dos pés a cabeça com cores bem vivas. A cor aparece em saias, vestidos e blusões de lã.

 

Fazendo um resumo de tudo, esse inverno – com um conceito forte das passarelas de New York, Londres, Paris e Milão – esbanja conforto. Marc Jacobs e Céline desfilaram conjuntinhos de tricô que nos lembram de Friends na década de 90. Parkas e casacos de pele (fake, please) também entram em cena. Enquanto a alfaiataria chega preguiçosa, com um moletom folgado por cima, as mais femininas desfilam por aí com capas bordadas. No mesmo universo também aparecem criaturas inspiradas no futurismo dos anos 60, e da Era Espacial de 2010. Tem de tudo para todos os gostos e preguiças.

Não entendeu? Bem, a galeria de fotos está ai pra ajudar!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Adíos!

 

Xxx- Carol

Anúncios

Milan Fashion Week

Hallo!

Continuando as “aulas de história” sobre as Big 4 (as quatro principais semanas de moda mundiais), hoje vou falar sobre a Milan Fashion Week (em italiano “Settimana della moda di Milano”).

Realizada desde 1958, é de propriedade da Câmara Nazionale della Moda Italiana (em português “Câmara Nacional de Moda Italiana”), uma associação sem fins lucrativos que disciplinas, coordena e promove o desenvolvimento da moda italiana e é responsável por sediar os eventos de moda e shows. A “Câmera Sindacale della Moda Italiana”, foi criada em 11 de Junho de 1958. Este foi o precursor do corpo, que posteriormente tornou-se o “Camera Nazionale della Moda Italiana”. Proprietários dos mais importantes estabelecimentos de alta-costura na Itália, incluindo alguns estabelecimentos privados, que, naqueles dias, desempenharam um papel fundamental na promoção do setor, estavam presentes no Memorando de Associação: Maria Antonelli, Roberto Cappucci, Princesa Caracciolo Ginnetti , Alberto Fagiani, Giovanni Cesare Guidi, Germana Marucelli, Emilio Federico Schuberth, Simonetta Di Colonna Cesaro, Jole Veneziani, Francesco Borrello, Giovanni Battista Giorgini e o advogado Pietro Parisio.

Os eventos dedicados à moda feminina são os mais importantes.

A temporada inverno 2013/2014 da Semana de Moda de Milão começou anteontem (dia 20/02) apostando nos dois pilares que são apontados como armas da indústria fashion para fugir da crise na Europa: a arte e a sustentabilidade. Um calendário completo de eventos para apresentar suas coleções de designers italianos.
Ao lado dos grandes nomes que fizeram o famoso “Made in Italy” como Gucci, Prada, Roberto Cavalli, Dolce & Gabbana, Versace, Giorgio Armani , o desfile terá também coleções de jovens estilistas . O evento pretende reafirmar que Milão é a capital da moda.
Os primeiros desfiles acontecem na parte da manhã e se estendem por toda a tarde. Entre as grifes que se destacam, estão Gucci, Prada, Just Cavalli, Versace, Emporio Armani e Dolce & Gabbana. A Missoni, empresa familiar que ganhou destaque na imprensa com o desaparecimento de Vittorio Missoni, diretor da marca, também apresentará coleção no evento.
                                                                                                                                                      xxx -Carol

London Fashion Week

Hallo!

Dando continuação às semanas de moda internacionais, é a vez do London Fahion Week, que começou hoje!

Organizado pelo Conselho Britânico de Moda (BFC) para a London Development Agency com a ajuda do Departamento de Negócios, Inovação e Habilidades, obtendo o primeiro lugar em 1984 e, atualmente, juntamente com NY, Paris e Milão, formam as “Big Four” (quatro melhores) semanas de moda do mundo.

O local do evento é a  Somerset House, aonde é estimado que movimentam-se mais de 100 milhões de euros. Em cada evento frequentam, em média, 5000 mil pessoas.

Há uma grande tenda no pátio central, que abriga uma série de desfiles de estilistas e casas de moda, enquanto que uma exposição, alojada no interior Somerset House, mostra mais de 150 designers. No entanto, muitos “off-agendar” eventos, como Vauxhall Moda Scout e On |. off, são organizados por outros grupos privados financiados e ocorrem em outros locais no centro da cidade.

Na Primavera de 2010, a London Fashion Week tornou-se a primeiro grande semana de moda de abraçar a mídia digital, quando ofereceu todos os designers que estavam mostrando suas coleções na passarela da Somerset House a oportunidade para transmitir seus shows ao vivo na Internet. Os desfiles podem ser vistos no site oficial da London Fashion Week (ou você pode clicar aqui).
Coleções masculinas foram introduzidas no evento no verão de 2012, pela primeira vez.

Esse ano, mais de 120 designers foram selecionados para apresentar suas criações, e pelo menos a metade deles são novatos no evento, ou seja, podemos esperar bastante novidades.

 

xxx -Carol

New York Fashion Week e um pouquinho de sua história

Hallo!

Bem, já foi dada a largada para as semanas de moda com a NYFW, então, ao invés de vir falar sobre as tendências, o que se destacou nessa primeira fashion week e afins, resolvi falar sobre elas. Sim, aula de história amores!

Tem muita gente que sabe até de cor as datas das tão esperadas semanas de moda mundiais (coisa que nunca consegui memorizar), mas mal conhecem a história delas. E é tão divertido se sentir nerd em relação a alguma coisa que você goste e saber falar sobre isso tendo certeza do que está dizendo… Ou estou errada?

E a história da moda, ao meu ver, é algo muitíssimo interessante, pois o “novo” nem sempre é novo. A moda é reinventada dia após dia; fazer moda é olhar para o passado (não há nada que se possa inventar sem a compreensão do que já foi feito), e se espelha no mundo, na massa, nos acontecimentos.

A Semana de Moda (Fahion Week) é um evento da indústria da moda que permite que os designers de moda mostrem ao mundo suas criações para a temporada por meio de desfiles, aonde os compradores e fashionistas observem as tendências, o que está in e o que está out. São eventos semestrais, sendo que entre de janeiro a abril são expostas as coleções de outono/inverno e de setembro a novembro, primvera/verão.

As semanas de moda mais importantes e visitadas são as de Londres, Nova Iorque, Paris e Milão. No Brasil a mais conhecida é o São Paulo Fashion Week, e logo após vem o Fashion Rio.  A semana de Moda inicia-se em Nova Iorque, passa por Londres e Milão e finaliza em Paris.

O primeiro evento em nível mundial aconteceu em NY, e, como é a que “puxa a fila” para as outras semanas de moda, é sobre ela que falarei hoje.

O New York Fashion Week  (NYFW), atualmente conhecido como Mercedes-Benz Fashion Week, teve sua primeira edição em 1943. A intenção era de atrair olhares para a moda francesa, já que, na época, o mundo presenciava uma guerra e era inviável que os recém-formados fossem a Paris (aonde o mercado era maior, as tendências eram ditadas, e até hoje, considerada a Capital da Moda) para ter contato com a moda européia. Pela iniciativa da publicitária Elanor Lambert, os criadores de estilo puderam expor seus materiais nas passarelas da Press Week, o primeiro grande evento da moda. Considerada um sucesso, o evento perdura até hoje e a cada ano se supera.

Achei digno colocar no post uma música da Rainha do Pop que é totalmente it para sempre, sem contar que muito da história da Madonna e da sua carreira tem a ver com moda.

“Vogue
(Vogue)
Beauty’s
Where you find it
(Go with the flow)”
                                                                                                                                                            xxx -Carol
PS: Curta nossa página no Facebook! Clique aqui!